Avaliação de um imóvel? A S.A te explica como é feita

Entenda como é feita a avaliação de imóvel, desde as características como metragem até a localização e facilidade de acesso

Quanto vale um imóvel? A S.A te explica como a avaliação é feita!

Com certeza você já ouviu ou fez essa pergunta: quanto vale o imóvel? A resposta para esta pergunta não é tão simples quanto parece. A avaliação do imóvel resulta da análise de inúmeras variáveis técnicas, mercadológicas e até sentimentais, e pode ser diferente, de acordo com quem está estipulando o preço: a imobiliária, o banco ou o proprietário do bem. A S.A Imóveis te explica.

LEIA MAIS:
Quais os melhores bairros para morar em Botucatu?
Universitário: Por que a S.A Imóveis é a sua melhor opção
Cores escolhidas para 2021 pela Pantone

Os laudos de avaliação, geralmente utilizados pelos bancos nas operações de crédito, são emitidos por engenheiros ou arquitetos. Eles são baseados em normas da ABNT, que definem os critérios para a avaliação de imóveis urbanos.

Entre estes critérios, estão as características do imóvel, como metragem, número de cômodos, idade, vícios construtivos, padrão de acabamento, áreas comuns; do terreno, como zoneamento, topografia, questões relacionadas ao meio ambiente e da região onde está localizado, como facilidade de acesso, transporte, entre outros.

Assim, o avaliador compara com os de outros imóveis similares da região ou de áreas afins com o auxílio de softwares, que consideram as variáveis para compor o preço. Não há uma fórmula pronta, mas um padrão a ser seguido.

O cenário ideal é o de quando o preço de venda e o da avaliação realizada pela instituição financeira estão mais próximos, o que permite ao comprador dispor de menos recursos e garantir a contratação do financiamento.

Benefícios de fazer a avaliação de um imóvel

É super válido ressaltar aqui alguns benefícios que essa prática pode trazer. Afinal, são diversos os fatores que exercem influência no valor de uma propriedade, seja ela um apartamento, casa, escritório, loja, galpão, terreno, entre outros.

  • Maior poder de negociação
  • Garantia e segurança patrimonial
  • Adequação às legislações de fiscalização tributária
  • Possibilidade de garantia para a compra de outro bem
  • Melhorias no planejamento financeiro
  • Facilidade na hora de contratar o seguro

Sabendo como funciona a avaliação de um imóvel, fica mais fácil entender os critérios de formação e os fatores mercadológicos que influenciam o preço e a venda dele, aumentando as possibilidades de fazer um excelente negócio!