Mitos e verdades sobre a locação de imóveis

Quando se pensa em conquistar seu espaço, existem diversas decisões a serem tomadas. Afinal, a escolha deve ser feita com segurança, e de forma sensata.

Muitas vezes, as condições financeiras para comprar o imóvel dos sonhos não estão disponíveis de imediato. Nestes casos, acabamos optando por alugar uma casa ou apartamento para começar a vida, em qualquer fase que ela esteja.

Com certeza você já ouviu a frase “morar de aluguel é jogar dinheiro fora”, e por isso, a S.A Imóveis preparou essa matéria explicando os mitos e verdades sobre a locação de imóveis.

Pagar aluguel é jogar dinheiro fora

MITO

Essa ideia costuma vir junto com o argumento de que pagando uma prestação, pelo menos você estará pagando pelo que um dia será seu.

Por ser mais barato alugar, você consegue morar em bairros mais valorizados, próximos aos centros e ao seu trabalho, tornando a rotina diária mais dinâmica e rápida.

Se você é jovem, e sua carreira ainda está em fase de consolidação, pode ser vantajosa a flexibilidade de ser inquilino, e poder mudar de cidade a qualquer momento. Além disso, o inquilino não precisa se preocupar com reparos estruturais ou com a manutenção do imóvel.

Pensando nessas vantagens, o aluguel não deixa de ser um investimento, já que os locadores são responsáveis apenas pela manutenção e conservação do imóvel, não tendo que arcar com despesas extraordinárias.

O locatário não é responsável por todas as despesas

VERDADE

De acordo com a Lei do Inquilinato, o locatário paga o aluguel, as contas de sua utilização, como água, luz, internet, e também os gastos com condomínio relacionados à manutenção, conservação, limpeza.

Já o proprietário cuida de obras de reforma e estrutural, se for um condomínio, melhorias nas áreas comuns, como jardins. Ou seja, cada um tem sua parte com as despesas, nem tudo é responsabilidade do inquilino.

Se eu pagar aluguel, não consigo guardar dinheiro

MITO

Se você tem um emprego estável e sabe controlar seus gastos, guardar dinheiro não será uma tarefa difícil, já que aluguel não o priva de fazer uma boa economia.

Mas lembre-se: antes de se tornar um inquilino, é necessário fazer alguns cálculos. O ideal é que o locador gaste no máximo 30% do orçamento com aluguel. Neste gasto deve estar contemplado condomínio e IPTU.

O aluguel permite flexibilidade

VERDADE

O aluguel é a opção mais recomendada para quem precisa de flexibilidade. Mesmo tendo que cumprir o período delimitado no contrato, é muito mais fácil trocar de moradia, cidade, estado ou até país quando o imóvel é alugado.

Profissionais recém-formados, casais sem filhos e pessoas que moram sozinhas têm mais liberdade para dar continuidade aos estudos ou aceitar novos desafios na carreira profissional alugando um imóvel.  

Curtiu a nossa matéria? Conheça as melhores opções para alugar em Botucatu. Clique e fale com nossos corretores: Enviar um WhatsApp