26 de julho – Dia de Sant’Ana

Você sabe por que amanha é feriado em Botucatu? Dia 26 de julho é Dia de Sant’Ana, padroeira da nossa querida cidade. Hoje, nós da S.A Imóveis contaremos um pouco desta história.

A Catedral Metropolitana – Basílica Menor de Sant’Ana Botucatu é a principal edificação do chamado centro histórico da cidade. Localizada na Avenida Dom Lúcio, é verdadeiramente um monumento histórico e indispensável para turistas, construída em homenagem a Sant’Ana de Cima da Serra. Seu projeto se assemelha muito a Catedral da Sé de São Paulo.

Sant’Ana, apesar de não ser mencionada nos Evangelhos, pela tradição da Igreja Católica seria a mãe da Virgem Maria e, portanto, avó materna de Jesus Cristo. De acordo com a tradição, foi a mais jovem de três irmãs bíblicas e casou-se com são Joaquim.

Conta-se na história que um dia ao tentar aproximar-se do altar de um templo, para cumprir uma promessa que havia feito onde pedia um filho, Joaquim foi repreendido por um Sacerdote, que disse que ele não merecia estar ali por ser estéril. Muito envergonhado, Joaquim foi embora e não voltou para casa, isolando-se junto com os animais que criava. Foi então que recebeu a visita de um anjo, que lhe disse que ele e Ana seriam consagrados com um filho.

Após nove meses, Ana deu a luz a Maria, que posteriormente seria a mãe de Jesus,  que representam para a igreja católica as figuras de maior devoção. O dia 26 de julho festejado pela Igreja Católica ao redor do mundo inteiro. Para os botucatuenses o dia é muito importante, pois representa a história de sua arquidiocese e principalmente de sua cidade.

Festa de Sant’Ana

A Catedral de Botucatu, em parceria com a Prefeitura Municipal, comemora todos os anos o dia da padroeira com a tradicional Festa de Sant’Ana,. As festividades em honra da padroeira de Botucatu serão divididas em duas partes: a religiosa e a recreativa.

A programação recreativa vem recheada de atrações e a tradicional estrutura coberta e fechada, que oferecerá gastronomia com comida japonesa, porções diversas, pizzas, sanduíches como o tradicional “X-Catedral” e os lanches de pernil e de linguiça, pastéis, espetinhos, acarajés, sopas, doces e bebidas variadas.

A “tenda de Sant’Ana”, funcionará em todas as noites, de 25 a 28, das 19h às 23h, e a entrada é gratuita.